Why should I care?.

Quero um amor sossegado. Alguém para me abraçar, assistir um filme, jogar baralho, viajar, conversar, contar o dia, fazer cafuné, dar apoio, confortar. Quero troca, carinho, respeito, cumplicidade. O amor é uma amizade sem inveja. É um sonho com realidade. É uma realidade sem photoshop. O amor é um abraço apertado, um olhar que se encontra, um silêncio que não incomoda, um barulho de onda, um gosto bom. Não tem serenata, mas tem bilhetinho dentro da bolsa. E rotina, cansaço, discussão, divergências de opinião. Mas, acima de tudo, tem paciência. E vontade.
Mas como diria minha mãe “quando essa menina decide uma coisa…
Por que o “sem ofensa” sempre vem com uma ofensa depois?
Não amar deveria ser uma tarefa mais simples. Sei lá, acho que a gente poderia ter um pequeno dispositivo no cérebro que nós fizesse esquecer uma pessoa que nunca nos fez bem. Não amar deveria ser uma matéria escolar obrigatória. Os sentimentos deveriam ser um pouco mais simples, a gente poderia se desapegar com uma maior facilidade, mais não é assim. Essa droga de amor não é como uma tomada que a gente tira rapidamente ou um arquivo qualquer que a gente exclui e nunca mais vê na nossa frente. Infelizmente, somos obrigados a viver com a dor de um coração partido e de um amor mal resolvido até que a força do sentimento vá diminuindo com o tempo e com as novidades da nossa vida. Somos obrigados a aprender que assim como começou devagar, termina mais lento ainda. O amor escapa pelos nossos dedos e quando vemos estamos sofrendo por culpa dele. Pois é, isto já virou rotina, amar e sofrer, mas eu diria que isso é bom, pra você aprender que a vida não é um mar de rosas, e que sua história não será como a da Cinderela, que você não terá tudo de mãos beijadas, e se sinta sortuda por aprender isso sofrendo por um amor não correspondido, pois pode ter certeza que tem maneiras muito piores que ensinam como é a vida de verdade, pessoas sofrem diariamente, tragédias ocorrem, pessoas morrem, pessoas se vêem na pobreza total, isto sim é sofrimento. Amor é algo doce, mas se você não cuidar, ele enche de formigas e chega ao final, então eu digo que “Não amar” é uma opção impossível, pois todos amam, todos sentem então sai dessa. Se seria uma ótima opção, viver a vida sem amar, sem se preocupar com ninguém? Bom, eu não sei, só vivendo pra falar. O que eu tenho certeza, é que apesar dos males, o amor nos faz um bem enorme. Dá um gostinho diferente na nossa vida. Nos dá a força necessária pra continuar seguindo em frente, seja por algo ou por alguém. Se seria mais fácil não amar, não se importar, não sentir? Sim, seria. Mas qual graça teria nossa vida sem as reviravoltas que só o amor nos dá? Como seria ir dormir todas as noites com um oco no peito, e nenhum motivo pra sorrir ou até mesmo chorar? Pode parecer masoquismo, mas até sentir dor é melhor do que não sentir nada. Especialmente se essa dor tiver vindo de algo que já foi bom, que já nos fez bem. Porque amar é isso. É um passo no escuro. É se atirar no amar, sem saber nadar. Ás vezes dá certo, ás vezes nem tanto. Mas como você saberá que fim vai ter, se você não der a cara a tapa e arriscar? E é melhor viver na base do 8 ou 80, do tudo ou nada, do que levar uma vidinha sem sal e sem açúcar. Porque quem não se arrisca, quem não sofre, quem não ama, não vive, vegeta.
Deixa eu te contar uma história. Ha um tempo atrás antes de um furacão acontecer na minha vida eu me importava muito com a opinião alheia, me preocupava com o que iriam pensar de mim se fizesse tal coisa. Mas agora não vejo motivo algum para esconder quem sou. Somos livres e cada um é dono da sua liberdade. Se te serve de conselho, esquece o mundo e se preocupa primeiramente com você. Pois amanhã se precisar talvez a unica pessoa que te estenda a mão seja você mesmo. Então, viva!
Você tem esse jeito bobo de falar que não liga pra nada, que não sente, que não se importa. Mas a verdade é que você se importa mais que os outros. Eu sei. Você morre por dentro toda vez que acorda. Mas a gente entende. Quem é que nunca se sentiu assim?
Gente que pede desculpas, gente que assume estar com saudades, gente que volta a falar contigo depois de discussões, gente que vale a pena.

(Fonte: daysunday, via sandu-bao)

A snazzyspace.com Theme A snazzyspace.com Theme